Contato

Conheça mais sobre nossos projetos no nosso site http://www.cosmopolitaarquitetura.com.br, e também em nossa página do Facebook https://www.facebook.com/cosmopolitaarquitetura

9 de nov de 2011

A Casa Microbiana


Uma casa que funciona como um ecossistema. Este é o desafio da Casa Microbiana, um projeto experimental criado pela equipe de design da Philips e apresentado durante a Dutch Design Week. A ideia é tentar reproduzir um sistema auto suficiente similar ao de muitos microrganismos, cujo princípio central é a transformação do lixo e do esgoto produzidos dentro de uma casa comum em energia. Como um organismo vivo, o conjunto de mecanismos realiza ciclos entre diferentes ambientes, resolvendo uma série de questões comuns no cotidiano doméstico.

Na prática, isso foi traduzido em móveis e eletrodomésticos que cumprem não apenas as funções originais a que se propõem, mas também mantêm a casa “viva”, funcionando. Peças capazes de produzir energia e iluminação, reciclar o lixo, preservar os alimentos, facilitar a limpeza e ainda tornar a vida de seus moradores mais saudável.


Acima, temos o biodigestor. Além de cumprir as funções de fogão e pia, ele transforma os resíduos sólidos do banheiro e o lixo orgânico em gás metano – que por sua vez vira combustível para o fogão e a calefação.


Este objeto acima, em formato de casulo, é uma colmeia pensada para preservar a população de abelhas do mundo, onde se produz mel sem colocar em risco quem a manipula. 



Acima, temos a despensa para alimentos frescos, cuja temperatura é mantida em um nível ideal graças a um sistema que inclui circulação de água e ar pelas superfícies frias da cozinha.

Esquema do ciclo em que está o mobiliário

Apesar do experimentalismo, são iniciativas assim que revolucionam o nosso cotidiano, que tanto necessita de atitudes mais sustentáveis ambientalmente e economicamente.

"Os designers têm a obrigação de entender a urgência da situação e, assim, traduzir as necessidades humanas em soluções. Economizar energia somente em lâmpadas não nos levará longe. Precisamos nos forçar a repensar os eletrodomésticos de maneira geral, em como nossas casas consomem energia e como toda uma comunidade pode armazenar e salvar recursos." - Clive van Heerden, Senior Director do departamento de Design-led Innovation, na Philips Design.

Fonte: Revista Casa Vogue

Nenhum comentário: