Contato

Conheça mais sobre nossos projetos no nosso site http://www.cosmopolitaarquitetura.com.br, e também em nossa página do Facebook https://www.facebook.com/cosmopolitaarquitetura

15 de mai de 2013

Cooktops ou Fogões de Mesa

Cooktop a gás Continental Decore, cor champagne (Fonte: Continental)

Em um Projeto de Interiores nós, arquitetos, costumamos ir um pouco além das especificações de mobiliário, acabamentos e decoração. Sendo assim, a demanda dos clientes nos obriga sempre a pesquisar os eletrodomésticos novos no mercado e ter um conhecimento sobre as diferenças básicas entre marcas e modelos.

Cooktop Brastemp Gourmand, branco (Fonte:Brastemp)

Vamos compartilhar hoje algumas informações sobre os Cooktops, também conhecidos como fogões de mesa. Segundo os cozinheiros amadores, os cooktops possuem algumas vantagens em relação ao fogão. A principal é que o equipamento fica integrado na bancada, o que facilita a higiene e economiza espaço. Para os pais, há a questão de segurança das crianças, já que os botões são difíceis de serem ligados e, se a chama se apagar com o vento, eles bloqueiam a saída de gás automaticamente. Outra vantagem é a separação do forno, que fica mais funcional posicionado do lado oposto ao cooktop, na altura adequada para se retirar o alimento quente.

Segue abaixo as diferenças básicas entre os modelos:

Cooktop a gás: é o mais tradicional, ideal para as casas que já vem com a instalação de gás pronta. O produto leva 9 minutos para ferver a água e 25 para o resfriamento após o uso. Assim como o fogão, o ajuste de potência é realizado por meio de uma válvula que controla a vazão de gás. Qualquer tipo de panela (vidro, inox, alumínio, barro, cerâmica ou ferro) pode ser usada.

Cooktop a gás Brastemp You, com possibilidade de personalização de cores.
(Fonte: Brastemp)

Cooktop elétrico: mais indicado para os cozinheiros mais expertos, já que o modelo oferece precisão total de temperatura. As resistências ficam posicionadas abaixo da mesa de vidro e a potência é ajustada com controles eletrônicos.  Só podem ser usadas panelas de vidro ou cerâmica e, em alguns modelos, inox. Muitos reclamam do seu uso, pois fica difícil de saber intuitivamente a intensidade do calor que sai de cada boca e os produtos consomem mais energia que um fogão comum ou outros modelos de cooktop.

Cooktop Elétrico Tramontina Square (Fonte:Tramontina)

Cooktop por indução: neste modelo toda a energia que sai das bocas vai para o alimento, sem perda de calor para o ambiente. Este modelo requer panelas próprias, em aço, multicamada/fundo triplo ou ferro fundido. Ainda são muito mais caros que os outros 2 modelos citados acima, mas a vantagem é que assim que as panelas são retiradas da superfície o fogão esfria rapido, ou seja, este é o mais seguro para crianças.
Cooktop de indução da Electrolux (Fonte: Electrolux)

Algumas novidades interessantes do mercado:

Cooktop Consul Facilite: foi desenvolvido para facilitar a rotina de quem gosta de cozinhar e até de quem não sabe cozinhar. Testado e aprovado em pesquisas com consumidores, o modelo traz acendimento superautomático e diferenciais como a serigrafia nos queimadores, que indica o tamanho ideal das panelas que devem ser usadas em cada queimador.

Consul Facilite (Fonte:Consul)

Cooktop Fischer Sistema Dominó: há 3 opções de mesas pequenas (tripla chama, queimadores elétricos e a gás) a serem combinadas entre si, dando a possibilidade de personalização. A mesa em vidro-temperatura facilita a higienização e um sistema de leds indica que a região do queimador em uso está com temperatura igual ou superior a 50 graus Celsius.


Fisher Dominó (Fonte:Fischer)

Cooktop Kitchenaid Step: tem tecnologia combinada, com a precisão de duas zonas de indução e três queimadores a gás. Além disso, possui algumas funções que facilitam o cotidiano, como a função boost, que ferve água rapidamente, e a função keep warm, que mantém os pratos aquecidos.

Kitchenaid Step (Fonte:Kitchenaid)

Fonte: Revista Casa Sul, UOL Casa e Decoração e sites das marcas citadas acima.

Nenhum comentário: